Aos 16, campeã ‘olímpica’ diminui ritmo dos estudos para 10h por dia

Letícia Pereira de Souza tem só 16 anos, mas já é uma “atleta” de destaque em olimpíadas do conhecimento. Em cinco anos de competições, a jovem conquistou 12 medalhas e duas menções honrosas por seu desempenho nas áreas de astronomia, biologia, ciência, física e química. O prêmio mais recente foi uma medalha de ouro na
0.0

Letícia Pereira de Souza tem só 16 anos, mas já é uma “atleta” de destaque em olimpíadas do conhecimento.

Em cinco anos de competições, a jovem conquistou 12 medalhas e duas menções honrosas por seu desempenho nas áreas de astronomia, biologia, ciência, física e química.

O prêmio mais recente foi uma medalha de ouro na Olimpíada Ibero-Americana de Biologia, realizada na primeira quinzena de setembro deste ano, no México. “Estudava desde dezembro para ela. Foi incrível”, conta.

Para assegurar o bom desempenho, a jovem passa o dia todo na escola e divide sua agenda entre as aulas do segundo ano do ensino médio, grupos de estudo e atividades extras para as competições escolares.

“Acho que chego a estudar em média umas 10h por dia, contando o tempo que passo em sala de aula. Alguns dias fico mais tempo por causa das aulas preparatórias”, conta.  “Mas no começo do ano eu estudava ainda mais. Acho que até 12h por dia. Só que resolvi diminuir o ritmo e cuidar mais da saúde. Agora, faço natação duas vezes por semana para ajudar a aliviar a tensão”, acrescenta.

Fonte: UOL Educação

Related posts